Observando os Rios de Ilhabela

Realizado pelo IIS, em parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica, o projeto Observando os Rios de Ilhabela monitora a qualidade da água dos córregos do município.

A iniciativa integra o Programa de Educação para a Cidadania “Minha Ilha, Nossa Ilha – aqui é o meu lugar”, e tem o objetivo de consolidar uma base de dados e indicadores de qualidade das águas, além de alertar a população para a importância da preservação dos recursos hídricos.

Em 2015 o número de córregos monitorados dobrou e desde janeiro 10 rios de Ilhabela são contemplados pelo projeto, que conta com a participação de alunos do ensino médio e fundamental de escolas públicas e privadas. Eles participam da coleta e de todo o processo de análise da água, enquanto aprendem mais sobre a importância deste precioso e ameaçado recurso natural.

ACOMPANHE OS RESULTADOS DAS ANÁLISES DE CADA CÓRREGO AQUI e confira as novidades do projeto em nossa página no Facebook.

Para apresentar os resultados do trabalho ao longo do primeiro semestre deste ano, a equipe do Instituto Ilhabela Sustentável preparou um relatório que traz dados detalhados do projeto, com os principais resultados, análise e comparação de dados e conclusões preliminares importantes sobre a relação entre a qualidade das águas dos rios e a balneabilidade das praias.

Durante este período, a maior parte das análises (91%) atestou que a qualidade da água dos córregos monitorados é regular. Um dos dados que merece atenção é a constatação de que no mesmo período em que córregos como o do Itaquanduba apresentou qualidade regular, a praia do mesmo bairro permaneceu classificada como imprópria para banho, contrariando a hipótese de que os rios são os principais poluidores do mar, visto que quando o rio desemboca na praia, diminui a concentração dos poluentes carregados por suas águas.

Para saber mais, confira os relatórios aqui!

Educação ambiental – o projeto Observando os Rios de Ilhabela promoveu ainda iniciativas como o cine debate realizado durante a Semana do Meio Ambiente, com a exibição do documentário A Lei da Água – o Novo Código Florestal, seguida por uma roda de conversa com André Miragaia – Secretário Municipal de Meio Ambiente, Joana Fava – Gestora do Parque Estadual de Ilhabela, Gilda Nunes – coordenado do GT-Saneamento do Instituto Ilhabela Sustentável, Iara Giacomini – do Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte e o pesquisador Marcos Milanesi. O documentário também foi exibido no Colégio São João, seguido por uma palestra com o tema “A Importância da Água”.

Sou Cidadão. Sou Ilhabela. – a campanha de educação cidadã do IIS também incluiu o Saneamento entre os temas abordados em 2015 e lançou a camiseta com o slogan “Esgoto Tratado, Questão de Saúde”. Serão produzidos e veiculados spots de rádio, peças de divulgação para as redes sociais, adesivos e outros materiais. Para participar, acesse: facebook/SouCidadaoSouIlhabela